Mercado de festas segue em ritmo crescente (apesar da crise)

 

O mercado de festas não parece ter sido tocado pela crise. De acordo com dados da Associação Brasileira de Eventos Sociais (Abrafesta), divulgados na pesquisa “O Mercado de Eventos Sociais: indicadores sobre a oferta e a demanda”, o mercado de festas e cerimonial cresceu nos últimos anos e estima-se que tenha atingido quase 17 bilhões de reais em 2014.

A expectativa aponta para o crescimento. O número de casamentos já ultrapassa a marca de um milhão por ano e, durante o período analisado, a região sudeste foi, sozinha, responsável por metade dos gastos com festas e cerimônias, seguida pelas regiões nordeste, sul, centro-oeste e norte. A faixa etária que concentra o maior número de casamentos está entre 20 e 39 anos, representando 75% dos matrimônios – número levantado a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE.

Mas nem só de casamentos vive o setor. A pesquisa revelou ainda que as festas de aniversário representaram 39% do faturamento e que, dentro desta porcentagem, 32% foram eventos para o público de 1 a 12 anos. O presidente da Abrafesta, Ricardo Dias, afirmou que o mercado de eventos sociais no Brasil é maduro e que seu crescimento acontece em todas as regiões do país.

Os eventos demandam uma grande quantidade de fornecedores de diferentes serviços e produtos, o que aponta o setor como um excelente nicho para montar um empreendimento. Comida, decoração, planejamento, convites, entre outros, estão entre os itens que podem ser oferecidos. Empresas que prestam esse tipo de serviço e estiverem atentas às necessidades do público e às novidades e tendências do mercado, têm grandes chances de sucesso.

Fonte: https://abrafesta.com.br

 

 
Esta entrada foi publicada em Artigos e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.