Curiosidades sobre festas de aniversário

 

Aniversário é a repetição anual do mês e do dia em que ocorreu um determinado fato, seja um nascimento, um casamento ou a morte de alguém.

Em algumas culturas, o aniversário é celebrado nove dias depois da data de nascimento da pessoa, talvez para “trazer felicidade e sorte” para o aniversariante.

No Vietnã, os aniversários não são comemorados individualmente na data de nascimento da pessoa, mas coletivamente durante a celebração do ano novo lunar.

Afinal, muçulmano comemora aniversário? A resposta é não, pois diz a tradição que nem o aniversário do profeta Maomé deve ser comemorado (comemoração que, aliás, é desrespeitada em algumas regiões de maioria islâmica).

E os judeus, comemoram aniversários? Sim, a data de nascimento é uma data que deve, para o judeu, ser celebrada com reflexões, orações, caridade e estudo da Torá. O hábito de ler um Salmo correspondente ao seu próximo ano (quem está completando 20 anos deve ler o Salmo 21) é comum entre os judeus.

A origem das festas de aniversário ainda é desconhecida, mas os historiadores sabem que os antigos romanos já faziam celebrações semelhantes, chamadas de “dies sollemnis natalis”.

Os brasileiros comemoram o aniversário de alguém cantando a música Parabéns Pra Você. Nos Estados Unidos, a música entoada é “Happy Birthday”.

Os salgadinhos mais comuns nas festas de aniversário brasileiras são o cachorro-quente, a coxinha e o bolinho de carne. Os doces mais comuns são, além do bolo: beijinho, cajuzinho, olho-de-sogra, quindim e brigadeiro.

Enquanto que no Sul e Sudeste, o cajuzinho é preparado com amendoim torrado e sem casca com leite condensado, no Nordeste ele é feito com a polpa do próprio caju envolvida em açúcar cristal ou refinado.

O brigadeiro é um doce tipicamente brasileiro. Recebeu esse nome em homenagem ao brigadeiro Eduardo Gomes, ex candidato à presidência da República no início dos anos 1950.

O bolo de aniversário tem origem no culto da deusa Ártemis. Os antigos gregos reverenciavam a deusa oferecendo bolos no templo de Éfeso, antiga colônia grega onde hoje é a Turquia. Mas se engana quem pensa que o bolo continha recheio de goiabada e cobertura de glacê. Ele era, na verdade, uma espécie de preparado de pão e mel no formato de meia lua.

Segundo alguns historiadores, as velas também tem origem pagã. Seu uso foi herdado do culto aos antigos deuses, que levavam as preces dos fiéis até os céus por meio da fumaça.

Você sabia que os primeiros cristãos não comemoravam aniversários, talvez devido à sua origem pagã? Aliás, ainda hoje as Testemunhas de Jeová, assim como os adeptos de outras religiões, não comemoram aniversários.

O “ Parabéns pra você” é uma versão brasileira de  “Happy Birthday”, a tradicional música de aniversário norte-americana. A autora da letra é a poetisa paulista Bertha Celeste Homem de Mello. Antes da criação da música, os brasileiros cantavam o “Happy Birthday” norte-americano.

Bertha tinha 40 anos quando participou do concurso da escolha da letra de “Parabéns pra você”  com outros 5 mil candidatos. Detalhe: ela bolou a letra em apenas cinco minutos.

Você sabe o que é um desaniversário? É um evento que pode ser comemorado em qualquer dia, desde que não seja o dia de aniversário de alguém. O neologismo desaniversário foi criado pelo escritor Lewis Carrol em Alice no País dos Espelhos.

 

Fonte: www.maiscuriosidade.com.br

 

 
Esta entrada foi publicada em Artigos e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.